REVIEW: AS GOOD AS IT GETS (Melhor é Impossível)

40124;encoding=jpg;size=300;fallback=defaultImage“Nem todos conseguem gostar de Jack Nicholson, talvez pela sua aparência que não suscita muita confiança ou até mesmo pela personalidade do actor. Confesso que não sou fã, mas posso dizer que sou fã deste filme. Melvin é um escritor que sofre de um comportamento obsessivo compulsivo e é um dos vizinhos mais odiados onde vive. É inconveniente, rude, frio e não mostra qualquer sensibilidade para quem o rodeia. Será que “melhor é impossível” para Melvin? Quando dá por si a tomar conta do cão do seu vizinho homossexual, a ajudá-lo a superar uma crise familiar, ao mesmo tempo que financia tratamentos para o filho de uma empregada por quem sente uma “atracção”, interpretada por Helen Hunt, começamos a descobrir que talvez Melvin seja mais do que aparenta, e que talvez apenas tenha dificuldades – como tantos nós – em fazer-se expressar. Uma história bonita sobre mudanças e vontade de sermos mais do que somos, vontade de sermos melhores para nós e para os outros.” – Helena Rodrigues