Em revisão nova regra para duração de trailers

Movie-Trailer-posterA National Association of Theater Owners (NATO) levantou a controvérsia ao sugerir novas directrizes de marketing no que diz respeito à duração dos trailers. Um trailer que, por norma tem 2:30, passaria a ter apenas 2:00. A direcção da NATO resolveu ponderar nestas novas regras de forma a controlar a forma como os filmes de Hollywood são promovidos dentro dos próprios cinemas. Isto porque os proprietários dos mesmos recebem inúmeras queixas por parte do público alegando que os trailers revelam demasiado acerca do enredo.

Porém, quem não fica satisfeito com este novo plano são os próprios estúdios dos filmes. Estes argumentam que os trailers são o ponto atractivo mais importante para cativar os telespectadores e contrariam a ideia de que dois minutos e meio é muito tempo. Aliás, há quem diga que esse é o tempo necessário para passar a mensagem pretendida, e que retirar 30 segundos ao trailer seria crucial. De momento, os estúdios seguem as directrizes colocadas pela MPAA (Motion Picture Association of America) restringido os trailers ao máximo de 2:30, mas cada companhia, uma vez por ano – excepcionalmente – pode divulgar o chamado theatrical trailer que pode chegar aos 3:00 – como foi o caso de O Homem de Aço.

Outras regras a serem consideradas pela NATO são as seguintes: os filmes só podiam ser divulgados 4 meses antes do seu lançamento (por vezes os estúdios  divulgam os chamados teasers muito antes disso), e a data de lançamento de um filme deveria estar identificada em todo o material de marketing divulgado. Para já, haverá longas conversas entre a Associação, os Estúdios e os Cinemas que os exibem até chegarem a um acordo, se é que haverá algum.

Podem ler o artigo completo aqui: The Hollywood Reporter.