Review: Star Trek: Além da Escuridão

star-trek-into-darkness-banner” E assim se visionou mais um episódio da nova saga Star Trek com Chris Pine e Zachary Quinto nos principais papéis como “Kirk” e “Spock”. Se o primeiro filme foi bom e cheio de acção e bom humor, este segundo não podia ficar atrás para não perder os seus fiéis seguidores. J.J Abrams consegue convencer com imagens e cenários fantásticos, poderosos no grande ecrã. Para uma pessoa que não acompanhava a mítica série, confesso que ver a bonita Enterprise no grande ecrã causa alguma satisfação. Sim, Kirk continua a ser o grande foco neste filme, mas desta vez vemos uma evolução em Spock – que muito embora o seu raciocínio frio e humor inconsciente ainda esteja lá para o bem de todos nós – nesta nova aventura ele deixa escapar as suas verdadeiras emoções quando a sua forte amizade com Kirk se encontra em risco. É impossível não adorar o relacionamento entre esta família da Enterprise, amigos e irmãos, e é impossível não torcer por eles. Muito humor e acção imparável não nos deixa aborrecidos nem por 10 segundos. O vilão é perfeitamente convincente, e a sua história cheia de voltas e reviravoltas deixa-nos sempre com dúvidas no canto da mente. Um óptimo filme de entretenimento, cheio de luzes e uma banda sonora que nos envolve ainda mais neste mundo de ficção científica. Não sendo eu uma ávida fã da série de outrora, talvez não veja os possíveis erros que este filme possa ter, tendo em conta que tem sido arrasado nas críticas. Ainda assim, bom para mim, porque gostei e não tenho termos de comparação com o passado.” – Helena Rodrigues