Zulu

Imagem: Pathé

Imagem: Pathé

Em criança, Ali Neuman escapou ao seu próprio assassinato por parte dos Inkhata, um partido político militar que estava em guerra contra o congresso nacional africano de Nelson Mandela. Ali e a mãe sobreviveram à carnificina daqueles anos, mas as cicatrizes psicológicas ficaram. Anos passaram e Ali tornou-se chefe do departamento de homicídios, e juntamente com o seu colega Brian Epkeen, tentam descobrir um novo “mal” que tem contaminado as ruas após a morte misteriosa de duas mulheres. É aqui que a brutalidade e a modernização colidem e os ecos do “apartheid” ainda se fazem ouvir por entre as ruínas de uma civilização.