Review: Trip de Família

tripCrítica por: André Gomes

“Pois bem, para quem gosta de rir, não ficará nada arrependido de ir ver, é dinheiro bem gasto. Uma disparatada, alucinada, imoral e muito sentimental comédia. Os méritos são muitos, um fantástico elenco, que proporciona ao espectador umas boas gargalhadas garantidamente. Mas, como sempre nestas coisas, nada funciona sem o talento dos actores. Para além da naturalidade e à vontade de cada um, há uma imensa química entre todos eles, que nos dão credibilidade como família. O filme é hilariante e super divertido. Podemos contar com Jason Sudeikis, Jennifer Aniston, Will Poulter, Emma Roberts, Ed Helms nos principais papéis.

Fazendo um pequeno resumo, David (Jason Sudeikis), um traficante local pela meia-idade, perde todo o seu depósito e todo o seu dinheiro amealhado num assalto evitável, David vê-se em maus lençóis perante o seu chefe Brad (Ed Helms). De forma a dar a volta à situação, David tem agora de tornar-se num grande traficante e trazer uma mercadoria do México para Brad. Com a ajuda dos seus vizinhos, a stripper Rose (Jennifer Aniston), o seu vizinho Kenny (Will Poulter) e a adolescente com tatuagens e piercings Casey (Emma Roberts), são uma falsa família (pai, mae e os dois filhos), metem-se numa autocaravana até ao México e aí começa a aventura…

Trip de Família introduz uma problemática comum, neste caso, as contrariedades de dois adultos pela meia-idade sem qualquer estatuto ou aspiração social e as dificuldades de dois adolescentes sem protecção familiar. Toda esta familia foi fantasiada, mas ao longo do filme, parece-nos uma família bem real. E deixem-se estar na sala durante o genérico final. Assistimos a uns divertidíssimos bloopers, onde se pode confirmar o quanto os actores se deram bem (a tal química) e o quanto divertida foi as gravações. “