Review: O Maquinista

Machinist“Trevor Reznik não dorme há um ano. Ninguém sabe porquê, nem ele mesmo. Mas ao olharmos para Trevor percebemos que há algo de errado. O seu físico indica que o corpo definha a olhos vistos, “estás tão magro que quase desapareces…”. Talvez Trevor quisesse mesmo desaparecer, mas porquê?

Ele trabalha como operário numa fábrica industrial, como maquinista, e um dia conhece um novo colega de trabalho que o faz duvidar de si mesmo e dos outros. Será da privação de sono? Será pela magreza excessiva? A verdade é que, embora este novo colega lhe esteja a fazer a vida negra, Trevor fica cada vez mais próximo de descobrir algo sobre o seu passado que o tem atormentado.

Podia tentar divagar um pouco mais sobre o filme, mas este é um daqueles quebra-cabeças que cabe a cada um solucionar. Um thriller que nos vai manter agarrados ao ecrã, cheios de dúvida e receios com o que pode aparecer na próxima esquina. É uma viagem à mente perturbada de Trevor, e juntamente com ele, envolvemo-nos numa verdadeira “caça ao homem” em buscas de respostas, que ficamos sem saber ao certo se queremos descobrir ou não…”

VER TRAILER