Review: The Equalizer

Imagem: Columbia Pictures

Imagem: Columbia Pictures

Crítica por: Helena Rodrigues

“Na minha opinião, os últimos filmes de Denzel Washington deixaram um pouco a desejar. No entanto, “The Equalizer” é um filme que vale a pena.

Denzel interpreta um misterioso colaborador da Home Depot. Pouco se sabe sobre o seu passado, mas percebemos que existe um lado negro por detrás do olhar inocente de Robert McCall. Depois de conhecer uma jovem que se encontra numa situação de risco, esse lado mais obscuro desperta na mente de Robert iniciando uma verdadeira batalha entre o bem e o mal.

A história demora um pouco a arrancar, são-nos mostrados vários pormenores da vida de Robert para os quais tentamos arranjar uma explicação e a acção teima em chegar, mas assim que entramos na verdadeira intriga e entra em cena o vilão é interpretado por Martin Csokas (normalmente, o típico vilão neste género de filmes, irão reconhecê-lo assim que ele aparecer…) chegam finalmente os esperados momentos de tensão e acção levados a cabo por um Denzel Washington, que no final de contas não é assim tão inocente e sereno quanto parece, mas todos os seus actos são justificáveis quando se trata de arrancar o mal pela raiz.

Um filme que se vê bem, e que traz de novo aquela essência de Denzel que lhe é característica, e que confesso, já tinha algumas saudades. PS: Ganhei um novo respeito pelas ferramentas de carpintaria (comentário que só será entendido por quem vir o filme).”

VER TRAILER