Michael Bay despede-se, “The Last Knight” é o seu último filme “Transformers”

O realizador Michael Bay deixou uma “carta” no seu website com uma dedicatória sentida à sua equipa de filmagens, aos seus argumentistas e aos fãs da saga.

Os últimos filmes da série “Transformers” não atingiram o mesmo nível de apreço que os primeiros com Shia Labeouf e Megan Fox, mas a verdade é que embora já se tenham passado 10 anos desde o primeiro filme, Michael Bay continuou a dar vida aos Autobots e Decepticons enchendo salas de cinema com fãs nostálgicos.

Através do site Screencrush, podemos ler um excerto da dedicatória de Bay a todos os que o acompanharam a sua história de robots ao longo de uma década.

Michael Bay: “Tenho vivido neste franchise por mais de 10 anos. Para “Transformers: The Last Knight” criámos uma sala de argumentistas com intenção de expandir a nossa mitologia, integrando os nossos filmes de uma maneira inovadora. Todos os filmes estarão interligados… Posso assegurar que não há um filme “Transformers” que tenha o mesmo alcance visual e mesma expansão mitológica que tem o “The Last Knight.

“É um momento agridoce para mim. A cada filme “Transformers”, eu dizia que era o último. Eu vejo os 120 milhões de fãs pelo mundo inteiro que vêem estes filmes, os enormes parques de atrações e as crianças da fundação Make-A-Wish que visitam os bastidores, e de certa forma é isso que me faz regressar. Eu adoro fazer estes filmes. Este filme foi muito divertido de fazer. Mas, desta vez, poderá muito bem ser o último. Por isso, vou rebentar com tudo.”

Podem ler a carta de despedida de Michael Bay na íntegra aqui.

Advertisements