Review: Belle

“Belle” conta a história real de Dido Elizabeth Belle, filha de um capitão britânico da Marinha Real e de uma escrava, criada e educada pelos tios no seio de uma família aristocrata, tendo, no entanto, de cumprir certas regras de convívio aquando na presença de convidados por ser mulata.

Não deixa de ser curioso que, ao crescer numa família que a ama e que nunca a trata de forma inferior – apesar de seguir determinadas regras sociais da época – Dido nunca se sinta verdadeiramente integrada como pessoa e como mulher. Trata-se de uma história verídica que acontece num período sensível em que a promessa da abolição da escravatura começava a fazer-se soar nas ruas pelos mais corajosos e diligentes de acções morais.

Assim que se torna adulta, Dido começa a questionar o tom de pele que herdou da mãe e os valores do tio que a criou, ao mesmo tempo que começa a entender a diferença entre compromissos maritais e o verdadeiro amor.

Gugu Mbatha-Raw Sarah Gadon

Gugu Mbatha-Raw é a actriz que interpreta “Dido” e quem nos leva a conhecer de forma simples e realista um período onde as mulheres eram apresentadas à sociedade como “mercadorias”, avaliadas e escolhidas consoante os benefícios financeiros que podiam oferecer aos homens que passariam a ser seus maridos e “donos” – um cenário que corre em paralelo com a decisão de criar leis que defendam a igualdade dos seres humanos, sejam eles de posição alta ou baixa, brancos ou negros, homens ou mulheres.

Apesar de temáticas raciais que ainda têm peso nos dias de hoje, “Belle” é acima de tudo uma história de amor que ultrapassa as barreiras da desigualdade e injustiça.

Uma boa escolha para o mês de Março em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, o filme está disponível na FILMIN Portugal.

VER TRAILER

Anúncios