REVIEW: VELOCIDADE FURIOSA 8

“Estreou esta quinta-feira dia 13 de Abril nas salas de cinema portuguesas “Velocidade Furiosa 8” e dá início a uma nova trilogia da saga. O nono filme chega às salas a 19 de abril de 2019 e o décimo a 2 de abril de 2021 que será o fim da saga que começou em 2001.

Obviamente a morte de Paul Walker deixa um vazio no filme. Embora seja honrado como merece, nota-se que a saga perdeu algo. Perdeu uma antítese à explosão de Vin Diesel, perdeu os pés da terra e perdeu a arma mais dramática do seu arsenal. Contudo souberam contornar bem esse vazio.

A acção começa em Cuba, com Dom Toretto (Vin Diesel) e Letty (Michelle Rodriguez) em lua-de-mel. Onde estavam a aproveitar o momento a dois, longe das aventuras de outrora. Mas a adrenalina do passado acaba por voltar com tudo quando uma mulher misteriosa faz com que Dom retorne ao mundo do crime e da velocidade. Desta vez, terá que “trair” a sua equipa e aliar-se à ciberterrorista Cipher (Charlize Theron), a hacker mais poderosa do mundo e que deseja recrutar os serviços de “artilharia pesada” do protagonista.

vf8

E para Dom Toretto fazer tal coisa terá que ter um motivo muito forte…Não irei dizer qual é, mas neste caso no papel de adversário terá que enfrentar o seu grande amor, Letty, e os seus grandes amigos que completam a equipa magnífica.

Tyrese Gibson ao interpretar o tagarela Roman Pearce, continua igual a si próprio, sendo o protagonista das partes cómicas, no meio de tanta acção e aventura.

Trazer personagens de filmes anteriores e conseguir encaixá-los de forma convincente na família de Toretto é outro acerto. Aí entra o papel de Jason Statham (Deckard Shaw), vilão no filme anterior, que consegue, ao lado de The Rock (Luke Hobbs), fazer uma das melhores cenas da saga, numa fuga da prisão muito bem-feita.

A rixa entre os dois também cria momentos engraçados e muitas piadas. No final do filme, quando a cena está desenrolada e esperas ver como tudo será resolvido, Statham tem uma cena de confronto que me animou bastante, ele luta e dá tiros com um bebé no colo. Ao mesmo tempo em que é emocionante, é muito engraçado ver o lado cómico, enquanto a cena se desenrola, com todo aquele aparato.

Velocidade Furiosa 8 é um filme feito para os fãs que há 16 anos assistem a esta saga, mas também é uma grande produção de acção digna dos maiores sucessos de Hollywood. Vale muito a pena ir ao cinema assistir. Podes contar com carrões, heróis, explosões, acidentes, comédia, drama e muito mais.

Por: André Gomes

 

VER TRAILER

Advertisements